RSS
 

‘(2006) HAIKAI’

HAICAI

27 jun

Esperam o dia

olhos abertos, insones.

A coruja pia.

23.3.17

 
 

HAICAIS

27 jun

O quarto assombra

por ter tanta vigilância.

Olhos de bonecas.

Os peixes escalam

as águas da cachoeira.

Luta pela vida.

A menina sofre

com seus cabelos ao vento.

As amigas riem.

30.3.17

 
 

HAICAIS

08 jun

A buzina alta

a cidade alvoroça.

O haiku estranha.

O pó da estrada

descansa sobre a terra.

Mas o vento sopra!

As flores no quadro

existem pela metade.

Só servem aos olhos.

10.5.19

 
 

HAIKU

10 mai

O pó da estrada

descansa sobre a terra.

Mas o vento sopra!


A buzina alta

alvoroça a cidade.

O haiku estranha.

As flores no quadro

existem pela metade.

Só servem aos olhos.


10.5.19

 
 

HAICAIS

02 set

palidez do sol
primavera verde branca
limoeiro em flor

o sanhaço pousa
farta jabuticabeira
galhos provedores

olhos na janela
nuvens enfeitam a tarde
música no rádio

no abacateiro
saguis promovem a festa
bananas no muro

2016

 
 

HAICAI

03 jul

Deitado na grama;

pés formam um grande V.

Entr’eles, a lua.

23.6.17

 
 

HAICAI

24 jul

o sol se esconde

entre nuvens caminhantes

vez ou outra, brilha

 
 

17.10.15

13 jan

HAICAI (6-8-3)

A mangueira dá sombra

para o andarilho cansado.

Não há frutas.

 
 

17.10.15

04 nov

HAICAI (6-8-3)


A mangueira dá sombra

para o andarilho cansado.

Não há frutas.


 
 

22 nov
Para Guilherme de Almeida, mestre.

Para Guilherme de Almeida, mestre.