RSS
 

12.

01 jul

Na noite, procuro o sono.
Olhos cinza, flor do mal,
abandono.
Mas, ao sentir que estás aqui,
dissolvo-me inteiro dentro do quarto,
me emociono.
Aí, tu me transformas em chuva leve,
como folhas de outono.

 
 

Tags:

Deixe um comentário

 
 
  1. Lu

    27 de julho de 2010 at 11:50

    Pai,

    lindo!!! Estou publicando no meu blog!!!Não resisti!!!rs

    Beijos

    Amo vc