RSS
 

BARATAS

13 set
notícias são como endemias
aos sentidos limitados do homem

o que se ventila nestes tempos
não cabe no peito

alforjes humanos não mais existem
como reserva de bálsamo

o saco de unguento
o descanso
o respiro
vão-se pelos ralos da inquietude
nos amanhãs nascidos a fórceps

sobra apenas um suspiro
entre o tique e o taque
para tirar a cabeça para fora
e respirar um ar estranho
que cria seres à feição
de Gregor Samsa
 
 

Deixe um comentário