RSS
 

À MARGEM

01 jul

Padeço muito
neste indiferença:
decresço.

Escandeço à cara
de cada não:
embruteço.

Acresço o limite
da solidão:
adoeço.

Feneço ao ver
o minguar dos dias:
envelheço;

preço alto
pela poesia:
endoideço.

 

15

01 jul

(P/ Castro Alves)

Que a tarde embale

o manto que traz encanto

à sombra do vale.

 
 

14

01 jul

A janela aberta.

Lá fora o sol se arvora

em alma desperta.

 
 

11

01 jul

O amor inunda

a vida (antes perdida)

na noite profunda.

 
 

10

01 jul

…dia de outono;

serpeio passos em meio

de folhas sem dono.

 
 

9

01 jul

Viver o instante.

Pequena vida que a cena

forja em gigante.

 
 

8

01 jul

Luar desbotado.

A luz da noite induz

ao verso calado.

 
 

7

01 jul

No céu cintilante,

a lua se auto-cultua

em cio delirante.

 
 

5

01 jul

O mundo, só blague.

Feliz destino do giz.

Não gostou? Apague.

 
 

4

01 jul

Na fria manhã

sobrou do que acabou

um gorro de lã.

 
 
Page 82 of 83« First...«7980818283»