ZAPEANDO

vendem-se sobras de fome do mundo inacreditado
os interessados podem adquirir diretamente
das barrigas da miséria do continente primevo
ou os governos corruptos bilionários e tronados
que também estão aptos a vender os cegos
de justiça de toda a parte do mundo – ignorantes
do trabalho escravo do século vinte e um
preocupados em empestar o pensamento
e as cores do mundo dando vivas diárias ao cinza

enquanto isso na Globo dentes sertanejos reluzem
ao sorriso da apresentadora que rebola e castra o ar ao vivo

em Brasília sins e nãos alternam sons de zape

e o pesadelo gol da Alemanha apalerma o orgulho
de quem sempre teve pouco muito pouco, pingos
15.4.16

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *