Para minha família, que primeiro alicerçou e depois construiu um jardim em minha vida.







Para este oásis no coração de Ribeirão Preto: a Biblioteca Padre Euclides.

E, principalmente aos companheiros que nela buscam a devida proteção contra a mediocridade que grassa em nossos dias.

A esses amigos, ávidos pelo pensamento, também dedico este livro.







“Sei que canto. E a canção é tudo.”

CECÍLIA MEIRELES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *