PEQUENA GUERRA CONTRA O ENFADO

 

o mesmo passo

que já um dia surpreendeu

uso como volta –

 

vagar de propósitos

abandono de sequer um crisântemo que destaque

pitada mínima de azul inusitado

buzina com notas de danúbio também azul

risos que desancam rotinas

e puem a imaginação

 

voltar não é caminho

é regular só na gramática

sempre tem a cara de queda

de ralos que transbordam

outro cinema que fecha

o eclipse nunca visto

a rosa plástica envelhecida

 

voltar tem o sabor da penumbra

há (será?) um antídoto à espera

um estanque neste não ir

freio neste vazio de alma:

 

abandono dos óculos

dois ovos cozidos

o espraiar na cadeira da varanda

o cabo dado ao dia

o sopro forte nestas migalhas da noite

e a espera a morte de quem somente come claras

e sem sal

25.11.14