• Há uma lua

no meio da rua.

Há uma lua

nem minha nem tua

que mora na poça.

É a mesma lua

da estrada

que vai pra roça

que brilha

e todo dia

   se remoça

 

Há uma lua

dona da rua

que vive nua.

Se a poça treme

a lua flutua.

Há uma lua

no chão da rua

toda sapeca.

Esconde sempre

que a poça seca.

Por isso esta lua

nem minha nem tua

é só da rua.

.

16.12.20