RUAS DE PIEDADE

 

desço a ladeira da manhã

ouço cantos de vassouras

mãos e fileiras anunciam:

o trabalho pode ser feliz

 

um gari se aproxima – conta

dois anos já no serviço – provoca

a cidade sem nós seria outra

concordo num tchau que ressoa

 

um sorriso de vida se abre

a vassoura como lança quixote

ri de meu verso e certeza:

de que varreu minhas ilusões

as que acumula já na manhã

as que ruminarei até a tarde

que há de chegar de forma cega

 

então, evoé

amigo fugaz

8.12.14