Como um espinho na pele,

Como a hera do muro,

Como o anel no dedo,

Como o brinco mais amado

Como o murmúrio do mar,

Como o canto da floresta,

Como o sino do largo da igreja,

Como o raio de sol da aurora,

Você dança dentro de mim,

Como fosse sua praça íntima,

Onde esteiro o meu viver

Entre sorrisos sagrados

E fantasias profanas.

9.8.22