leio o Ítaca de Kavafis

 

choro e rio na certeza de que somos corpos e sentidos para a vida

 

de que há caminhos absolutos de regalos e encantadas forças que a Beleza nos traz

 

masme faltam outros corações ao redor

 

ouço o amor de Isolda a Tristão no prelúdio na semeação de Wagner

 

choro e rio na certeza que fosse a minha vida somente este segundo já seriam estas lágrimas o que pensamos de eterno

 

 

mas me faltam outros corações ao redor

 

os passos de Chaplin e Paulette Godard no final de Modern Times me assolam

 

choro e rio na sempre estrada que leva às escolhas das vias que trilhamos, ao belo a que nos leva

 

mas me faltam outros corações ao redor

 

sobra o medo que a solitude possa numa manhã de primaveras e aves

tornar-se fagulhas estéticas com o poder de a qualquer momento em comoção, explodir-me

 

por isso nego-me a rir ou chorar com quem se veda

 

20.3.13

SOLIDÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *