na Síria
dias moídos
homens considerados repolhos
as mulheres e crianças
(femininas que são)
couves-flores
caem do caminhão nas estradas

na Síria
dias tarados
a imbecilidade campeia
amorfa e decidida
na cabeça dos homens
que um dia nasceram
sob sorrisos sem lembranças
sob a maternidade incrédula
sob a memória disfarçada
sob um sol de um país multado
transformado em depósito de legumes podres
e
futuro de sepulcro

na Síria
dos dias inférteis
existe um país a se exumar

SORRISOS SEM LEMBRANÇAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *